Segundo a última pesquisa da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi), em Goiânia e Aparecida de Goiânia existem 1.382 unidades imobiliárias em fase de revestimento e pintura. Isto não significa apenas que existem mais famílias prestes a receber seu imóvel, mas anuncia um incremento na demanda por marceneiros, arquitetos e decoradores, que geralmente entram em ação quando o imóvel fica pronto.

Esperar a entrega do imóvel para, só então, contratar estes serviços significa adiar a tão esperada mudança, aumentar as despesas e a ansiedade. Segundo a design e decoradora, Jacqueline Adorno, em média, leva-se 90 dias para um marceneiro preparar e instalar uma cozinha, que é um dos itens mais encomendados por quem está de casa nova. Isso sem contar o tempo necessário para a produção do projeto.

Enquanto o tempo passa, vale lembrar, o proprietário engrossa suas despesas: o imóvel entregue passa a ter taxa de condomínio, que são somadas às contas de sua outra moradia enquanto a mudança não se concretiza.

Diante de tal realidade e na busca oferecer facilidades a seus clientes, a Consciente Construtora e Incorporadora, realizou neste último sábado, 28 de fevereiro, mais um Dia da Medida. A iniciativa, que já é realizada pela Consciente desde o início de 2014, permite que o futuro morador leve seus prestadores de serviço antes da entrega da obra, para verificar as metragens necessárias para a instalação de móveis planejados, boxes nos banheiros, gessos, cortinas, entre demais intervenções feitas sob medida.

“Quando o marceneiro consegue as medidas para iniciar a fabricação dos móveis com antecedência, ele vai levar de 45 a 60 dias na sua fabricação e meros dez dias para a sua instalação”, explica Jacqueline o benefício do Dia da Medida.

Segundo a profissional, atualmente o mercado goiano encontra-se sob forte demanda por esse tipo de serviço, o que faz com que os atrasos se tornem um risco constante. “No dia da medida, o cliente terá acesso ao seu apartamento com cerca de dois meses de antecedência da entrega”, informa.

Mesmo para aqueles que vão manter os mesmos móveis, o acesso antecipado ao imóvel é importante para verificar se é preciso fazer algumas reformas no mobiliário para melhor se adequar ao espaço. Para o cliente, o Dia da Medida é, ainda, uma oportunidade de conferir o andamento e a qualidade da obra, em fase de finalização.